domingo, 24 de abril de 2011

Hydra

Tricéfalo !

Eu sou tricéfalo, e não é de agora, é só uma coisa de que nem sempre me lembro.

De tão frequente a confrontação entre o cerebro de cima e o de baixo, que o do meio acaba por passar despercebido, e fico sem sequer saber o que lhe chamar.
O de cima é fácil, fica ali dentro do craneo, e é o cerebro por excelência, o verdadeiro e único, no entanto tal como diz a sabedoria popular, os gajos também pensam com o de baixo, a que chamarei cerebro fálico em homenagem ao seu porta voz, e grande beneficiário, o pénis, o sardão, a pixota, sei lá... pi*a escreve-se com "Ç" ou com "SS" ?
Mas raios me fodam se em mim não existe um outro sitio que também quer ter voz activa nos meus destinos, algo de visceral, e não, não estou a falar de arrear o calhau.
Por ser páscoa direi que tem algo a ver com alma, e assim fica a coisa mais arranjadinha, e tal, mas pouco convencido, porque acho que a coisa merecia outro nome que não alma, até porque a alma não é um sitio, e aqui falava precisamente dos sitios de onde me vem o querer.
Que confusão, se eu tivesse tomado a hóstia, diria que a coisa estava "marada", mas não, só fui dar um passeio e perdi os óculos escuros, fixe !
Se eu fosse hindú pensaria logo no plexo solar, mas não sou, sou um tuga tricéfalo, e não sei para que raio preciso eu dentro de mim de uma coisa chamada plexo solar. 
Plexo solar era um nome fixe para o tal 3º vertice da trindade que me comanda, e sendo assim fica cérebro, sardão e plexo solar.
Fica assim até que encontre melhor solução, pouco convencido, mas porque esteticamente fica bem.

2 comentários:

  1. Eu apostava naquela coisa que se escreve com "ss". Eh pá, mas tricéfalo?! Antes isso (ou "iço") que trifálico! Eu hein!!!
    Cristo ressuscitou, aleluia, aleluia! (Benza-o Deus! Credo!)

    ResponderEliminar
  2. Caro anónino, sem nick sequer, mas com alguma razão, porque se isto de ser tricéfalo é confuso, ser trifálico seria a loucura total.
    Sim, é que para manter a indómita criatura controlada já é cá uma trabalheira, então se eram três criaturas, a coisa era de ir às lágrimas.... que ninguém me virasse costas !

    ResponderEliminar