domingo, 23 de dezembro de 2012

A cena do altamente improvável

Venho então deixar aqui os meus votos de festas felizes a todos os que por cá vão passando, sim, que a acreditar no que dizem as estatísticas desta coisa, há sempre quem vá vasculhando os textos deste blogue, e até há uma espécie de culto por alguns posts mais antigos. Talvez num ano longínquo se façam peregrinações, mas entretanto não queria deixar os precursores desse culto sem umas palavrinhas de ânimo.

Sendo assim, Festas Felizes !